MMA 30/10/2013 20:55

Renan Barão finalmente enfrentará Dominick Cruz

Por admin

Atleta potiguar comemorou a tão aguardada luta

Atleta potiguar comemorou a tão aguardada luta

O aguardado confronto entre o lutador potiguar Renan Barão e o americano Dominick Cruz, que definirá o dono do cinturão linear da categoria galo (até 61 quilos) do UFC, foi finalmente marcado. Será no dia 1 de fevereiro, em Newark, Estados Unidos. E a data, para Barão, não poderia ser melhor. Afinal, no mesmo dia, o colega de treinos dele, José Aldo Júnior, coloca o cinturão peso pena em jogo contra outro americano, Ricardo Lamas.

“Fiquei muito feliz com essa data, porque o clima na Nova União vai estar ótimo. A preparação vai ser excelente, com muita energia positiva nos treinos”, ressaltou Renan Barão, que costumeiramente treina com José Aldo Júnior para suas lutas no UFC. “Na verdade, eu até já comecei a treinar para essa luta. Estou fazendo alguns treinos em Natal para pegar o ritmo. Já em novembro viajo para o Rio de Janeiro para focar só nessa luta”, afirmou Barão.

Com relação à marcação da luta contra Dominick Cruz, Barão afirma que era o um objetivo antigo e, finalmente, vai ser realizado. “Sempre disse que meu objetivo era lutar com os melhores e Dominick Cruz estava no topo da categoria. Sabia que o enfrentaria mais cedo ou mais tarde, mas essa luta aconteceria. Graças a Deus, foi marcada para um bom momento”, comentou Barão, ressaltando, em tom mais descontraído, que “agora já poderei dizer quando é a luta contra Dominick. Porque todo dia me perguntavam isso e eu não sabia responder”.

Campeão interino peso galo desde julho de 2012, Renan Barão já defendeu o cinturão duas vezes, contra Michael McDonald e Eddie Wineland. Venceu por finalização e nocaute, respectivamente. O título interino, vale lembrar, foi consequência da lesão séria que Dominick Cruz sofreu no início do ano passado. A última luta do campeão linear, entretanto, é ainda mais antiga. Foi em outubro de 2011, contra Demetrious Johnson, quando saiu vencedor também por decisão unânime.