Automobilismo 12/04/2014 11:24

Pavlak planeja uma temporada de vitórias

Por admin

Considerado um dos grandes nomes do esporte potiguar, o jovem kartista Johilton Pavlak, bicampeão Brasileiro e Paulista de Kart e recordista de pódios da Fórmula Futuro, começou o ano de 2014 com uma notícia para impulsionar sua carreira. Contratado pela Art GP Brasil, o piloto planeja um calendário repleto de grandes competições nacionais. De acordo com Pavlak, o primeiro grande desafio deve ser o Campeonato Brasileiro de Kart, que está previsto para julho, na cidade de Itu-SP. “Estou muito empolgado em correr por uma grande fábrica. Além do Brasileiro, já estão confirmadas a Copa do Brasil, em outubro, e as 500 milhas de Kart Beto Carreiro, que acontece em dezembro”, destaca.

Johilton vai disputar o Campeonato Brasileiro de Kart em julho (Foto:Divulgação)

Johilton vai disputar o Campeonato Brasileiro de Kart em julho (Foto:Divulgação)

Sobre a última competição, o piloto comemora o fato de ter a chance de correr ao lado de grandes estrelas internacionais de diversas categorias do automobilismo. “As 500 milhas de kart é o maior evento de kart do país, por ser realizada dentro do Parque do Beto Carreiro, em Santa Catarina. Além do mais, estarei disputando curvas com pilotos mundialmente conhecidos, tais como: Rubens Barrichello, Felipe Massa, Tony Kannan, entre outros”, destaca.

A empolgação de Johilton tem explicação. O piloto terá a chance de disputar provas defendendo uma fábrica de origem italiana, com atuação mundial. “Sem dúvida é um marco na minha carreira. Eles contrataram cinco pilotos oficiais e eu sou um deles. Vou fazer de tudo para retribuir a confiança do fabricante e buscar sempre um lugar de destaque para a ART GP Brasil”, vibra Pavlak. O piloto ex-campeão Mundial de karting e também diretor da ART GP Brasil, Ruben Carrapatoso, declara o Pavlak como uma das promessas do automobilismo brasileiro. “É um jovem maduro, com muita experiência no kart, uma velocidade impar e um profissionalismo impecável.”

O fato de Johilton ser piloto oficial de uma marca forte, de atuação internacional, é a chance mais favorável do terceiro título brasileiro, desde 2010, quando foi bicampeão.  “Eu sempre me dediquei muito e esse esforço foi recompensado. Tenho agora uma grande fábrica garantindo todo o suporte e eu só tenho que fazer aquilo que mais amo, que é correr. Vou buscar grandes resultados nessas competições, e espero fortalecer cada vez mais a marca da ART GP Brasil”, destaca o piloto.