Judô 31/05/2014 07:30

Natal sedia Copa das Federações de Taekwondo

Por admin

O Taekwondo potiguar está em festa nesse final de semana, ao receber na capital do estado a Copa das Federações, uma competição nacional que reúne atletas de todo o Brasil, em busca de 10 pontos para o Sistema de Ranking. O evento, que é prestigiado por alguns dos melhores atletas brasileiros do momento também será marcado pela presença da Secretaria Nacional de Esportes de Alto Rendimento , que virá a Natal fazer a entrega oficial dos equipamentos esportivos atribuídos à Federação Potiguar, através de um projeto da Confederação Brasileira de Taekwondo e do Ministério dos Esportes. Antevê-se um final de semana de grande festa no Ginásio Nélio Dias, que sediará esta competição nacional, onde serão disputadas as categorias Cadetes, Juvenil, Sub-21, Adulto e Master por atletas brasileiros de destaque.

Um dos principais destaques do evento será Edival Marques, que recentemente se consagrou campeão mundial juvenil, em Taiwan, e foi também campeão sul-americano em 2013. Apesar de todas as conquistas internacionais, o atleta paraibano não deixa de prestigiar as competições nacionais. “Estou participando da Copa das Federações não só por estar acontecendo perto do meu estado mas também porque eu estava treinando aqui no Rio Grande do Norte. Me sinto muito feliz pois vejo que hoje os campeonatos nacionais da CBTKD estão se dividindo entre todas as regiões do Brasil, o que antes não acontecia, pois as competições eram só no Sul”, declarou o primeiro campeão mundial juvenil da história do Taekwondo Brasileiro. Na opinião do atleta, a descentralização dos eventos nacionais traz grandes vantagens ao esporte. “Essa medida abre oportunidades a todos os atletas do Brasil e isso já se reflete até na Seleção Nacional, onde agora vemos atletas de todo o país. Os resultados internacionais estão aparecendo com essa variação maior de atletas na seleção e isso é muito bom para o nosso esporte e para o Brasil. Antes dessa descentralização acontecer, via-se muitos talentos desmotivados abandonando o esporte por falta de condições financeiras para ir a todas as competições ranqueadas no Sul. Hoje vemos o inverso e o Taekwondo está crescendo, por isso agradeço à CBTKD por esse incetivo”, acrescentou Edival Marques.

O Diretor Técnico da Federação Potiguar de Taekwondo, Rivanaldo Freitas, também declarou estar muito feliz por poder realizar a segunda edição da Copa das Federações em Natal. “É uma honra sedear este grande evento em nossa cidade, principalmente por poder ajudar a nossa Confederação na realização do campeonato e também por proporcionar aos nossos atletas a oportunidade de lutarem em casa. A realização de um evento nacional em nossa região vem oportunizar alguns bons competidores locais. O Taekwondo do Nordeste está vivendo um momento muito positivo, em que temos uma safra de atletas com muito talento, em vários estados, e de bons técnicos fazendo um trabalho muito profissional. Os lutadores do Rio Grande do Norte estão ansiosos por poder competir em casa, pois será uma experiência inedita para a maioria. Todos esperam obter um excelente resultado nesta competição”, declarou Rivanaldo.

De acordo com o também técnico da Seleção Brasileira Juvenil, “a descentralização é uma das marcas da Nova CBTKD, onde todos são tratados com igualdade, sem preconceitos nem favorecimentos. A CBTKD vem sempre valorizando quem está trabalhando. Para mim, particularmente, o principal legado que esta política que a Nova CBTKD vem implantando é a igualdade com que todos são tratados”, sublinhou.

Ministério do Esporte prestigia competição para entrega de materiais

A Copa das Federações será também o palco da entrega oficial do Kit de Materiais esportivos que a CBTKD, em parceria com o Ministério do Esporte, está atribuindo a todas as federações filiadas. Esta cerimônia, que acontecerá no dia 31 de maio, às 12h00, no Ginásio Nélio Dias, contará com a presença do Diretor da Secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Ricardo Avelar, e do presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo, Carlos Fernandes, entre outras autoridades locais.

“Nos sentimos muito felizes pois temos a consciência de que seria impossível adquirirmos um Kit de materiais como este com recursos própios ou mesmo com ajuda do poder público local. Portanto, agradecemos à CBTKD e ao Ministério dos Esportes por nos proporcionarem esta oportunidade de receber o Kit que, além de ajudar no desenvolvimento técnico de nossos atletas, ainda possibilitará uma estrutura para que a nossa Federação venha a ser candidata para sediar novos eventos de grande porte em nossa cidade, pois passaremos a possuir equipamentos com tecnologia de última geração, utilizada nos principais eventos internacionais. Esperamos poder qualificar nossos atletas para representarem bem o nosso estado e o nosso país”, concluiu Rivanaldo Freitas.

Conheça melhor o Kit de Materiais CBTKD/ME

O Kit de materiais da CBTKD/ME irá facilitar o treinamento de atletas em todos os estados brasileiros, assim como a realização de competições com um alto nível de qualidade. Por isso, a cada federação serão entregues 300 placas, que permitirão a montagem de duas áreas de luta com 100 placas cada e uma área de aquecimento com as restantes 100 placas. Além disso, para que as duas áreas de combate fiquem completas, cada estado receberá dois conjuntos transmissores (um para cada área), quatro laptops (dois por área, um para sistema de placar e outro para sistema de vídeo), quatro HD’s (em cada área será usado um para armazenamento de placar e outro para armazenamento de vídeo, necessário para acervo e relatório técnico), duas telas de Led TV, dois tripes para telas de Led TV, quatro tripes para filmadoras e duas licenças de programa de vídeo Dartfish. Quanto aos equipamentos de proteção para atletas, haverá 20 protetores de cabeça, sendo dez para cada área, tendo em vista que, nas competições no formato tag team (equipes), cada equipe tem cinco atletas, totalizando 20 atletas competindo em duas áreas simultaneamente. A par desta proteção, serão liberados 32 coletes eletrônicos por estado, de cinco tamanhos diferentes, do nº 01 ao nº05 (x 2 equipes por área x 2 áreas, totalizando 20 atletas). Os 12 coletes excedentes são para luta em espera e substituição de danos, que são frequentes. Além disso, os atletas em espera vestidos com coletes agilizam o andamento da competição. Sem esquecer a segurança e a boa organização dos eventos que poderão ser realizados com estes materiais, serão ainda entregues em cada estado cinco pares de radiotransmissores.

Assessoria de Imprensa da CBTKD