MMA 07/06/2014 08:15

Técnico de Barão assume culpa por derrota e pede revanche imediata no UFC

Por admin

A derrota de Renan Barão para TJ Dillashaw no UFC 173, em 24 de maio passado, que custou ao potiguar a perda do cinturão do peso galo, voltou à tona nesta quinta-feira, em declaração do treinador do brasileiro, André Pederneiras. Em entrevista em vídeo publicada no site do UFC, O líder da equipe Nova União, no Rio de Janeiro, assumiu a culpa pelo revés e disse que o pupilo merece uma revanche imediata contra o norte-americano e novo campeão da divisão.

O líder da Nova União eximiu Barão de culpa e assumiu a responsabilidade pela surpreendente derrota. “Se alguém errou não foi o Barão, talvez tenha sido eu, como treinador. São coisas que podem acontecer com todo mundo, a gente procura alguém para colocar a culpa, por isso eu prefiro assumir a culpa em vez de colocá-la nele”, destacou.

Pederneiras espera pela marcação de uma revanche imediata contra TJ Dillashaw. “Vou dar um prazo de cinco ou seis meses para a próxima luta do Barão. Queremos a revanche imediata, o barão era o campeão e tem uma credencial para pedir a revanche sem ter que voltar um pouco na fila para ter nova chance de lutar pelo título”, comentou.

A derrota para o americano não só custou a Barão o título do UFC, mas como também a perda de uma invencibilidade no MMA que já durava nove anos e 33 lutas.