Atletismo 22/06/2014 08:01

Potiguar Emicarlos Souza disputa Grand Prix na Alemanha

Por admin

emic

Emicarlos é esperança de Medalha (ME/Divulgação)

O Potiguar Emicarlos de Souza participa neste final de semana com a Seleção Brasileira de atletismo  do Grand Prix IPC Athletics de Berlim, na Alemanha. A competição ocorre até este domingo (22.06), no estádio Friedrich-Ludwig-Jahn Sportpark, na capital germânica. Aproximadamente 560 atletas, de 35 nacionalidades estão inscritos na disputa. Esta é considerada a maior competição do ano.

Esta será a oitava parada do principal circuito de atletismo paraolímpico do planeta. Nesta temporada, Dubai (EAU), Pequim (CHN), São Paulo, Mesa (EUA), Nottwil (SUI), Grosseto (ITA) e Tunis (TUN) já foram sedes da competição. Após este estágio, os atletas terão pela frente apenas a final do Grand Prix, no dia 25 de agosto, em Birmingham, Inglaterra.

A delegação brasileira já está em solo alemão e além de Emicarlos conta com a presença de 39 pessoas. Destes, 22 atletas e oito atletas-guias. Tudo para que o time nacional consiga um bom desempenho naquela que foi definida como a competição alvo para a obtenção das melhores marcas da temporada.

“Berlim é, de fato, a competição alvo para os atletas brasileiros no momento. Será uma disputa muito forte, com atletas de vários países. Estamos tratando esta como a competição mais forte deste período e esperamos ter os melhores resultados possíveis”, disse Ciro Winckler, técnico-chefe da Seleção Brasileira. “Este será um ano atípico, sem Mundial ou Jogos Paralímpicos. Então, temos de ter metas intermediárias de modo que os atletas não se acomodem pela falta de competições. E Berlim será a principal delas”, completou.

Para tamanho desafio, o Brasil enviou à Alemanha a sua força máxima. Dos 22 convocados para a disputa, 20 conquistaram ao menos uma medalha no Mundial de Atletismo paraolímpico disputado no ano passado, em Lyon, na França. Na ocasião, o país subiu ao pódio em 40 oportunidades, sendo 16 medalhas de ouro, 10 de prata e 14 bronzes. Nomes como Yohansson Nascimento, da classe T47 (amputação abaixo dos cotovelos), Terezinha Guilhermina e Lucas Prado (ambos da classe T11, para cegos totais) são os principais destaques.

Emicarlos é natural de João Câmara.