Natação 05/07/2014 21:20

Na Bronca

Por admin

silva

Clodoaldo Silva comentou incidente com italiano

O nadador paralímpico potiguar Clodoaldo Silva lamentou, em entrevista ao blog do jornalista Sidney Rezende, que alguns torcedores estejam se passando por cadeirantes para conseguir ingressos em jogos da Copa do Mundo do Brasil.

Clodoaldo comentou o caso do italiano Mario Ferri, que invadiu o gramado da Arena Fonte Nova, em Salvador, na última terça-feira, 1, depois de fingir ser deficiente físico para conseguir um lugar privilegiado no estádio.

Acostumado a praticar o ato na Itália e na Inglaterra, ele foi detido, pagou fiança e foi notificado pela Polícia Federal, na última quinta, 4, a deixar o país em três dias. Além disso, Mario foi proibido de frequentar estádios. Se não cumprir a ordem, será preso e deportado.

“É um ato irresponsável e lamentável. Como cadeirante, me sinto ofendido, mas não é culpa da Fifa nem do Brasil. Isso vai da índole das pessoas e é caso de prisão”, disse Silva.