Geral 19/07/2014 10:04

AL garante apoio ao pleito de equivalência salarial da UERN

Por admin

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ricardo Motta (PROS) recebeu uma comitiva formada pelo reitor, associação dos professores e técnicos administrativos da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte na manhã desta sexta-feira, 18, e garantiu apoio da Casa na votação da equivalência salarial prevista no Plano de Cargos e Salários da instituição.  A reivindicação representa um aumento de 57,53% nos salários.

Os profissionais se anteciparam ao envio da mensagem pelo Governo do Estado com o objetivo de abrir o diálogo e evitar a paralisação das aulas. “A reitoria considera necessária e fundamental a abertura do diálogo junto aos poderes executivo e legislativo para que possamos delinear essas propostas e evitar uma greve”, defendeu o reitor Pedro Fernandes.

As associações enalteceram o apoio da Assembleia na liberação de emendas em favor da UERN. “Agrademos a Assembleia pela defesa dos nossos interesses e apresentamos essa nova demanda. Atualmente estamos recebendo as diferenças salariais do acordo promovido em 2011, depois de mais de um mês de greve. Queremos evitar uma nova paralisação”, disse o presidente da Associação dos Docentes, Valdomiro Morais.

A expectativa das categorias é que o Governo do Estado elabore o projeto ainda no início do segundo semestre de 2014 para o envio à Assembleia Legislativa e implantação em 2015. O deputado Raimundo Fernandes (PROS) também participou da reunião. “Aqui vocês têm parceiros. Podem contar com a Assembleia. Mas estamos na dependência do governo”, explicou.

O presidente Ricardo Motta garantiu que não haverá interrupção dos trabalhos no segundo semestre, o que proporcionará a apreciação da matéria tão logo seja encaminhada para Assembleia. “Falo em meu nome e da Casa, da nossa boa vontade em apoiar a UERN. Eu sei que se trata de uma defasagem, mas é evidente que essa discussão começa no governo. Nós estamos de portas abertas”, apoiou Ricardo Motta.

A Universidade Estadual do Rio Grande do Norte conta com um quadro de 1.040 professores e 1.050 técnicos administrativos. São cerca de 15 mil alunos em 18 municípios do estado, divididos em 83 turmas de 29 cursos.

Da AL