Nado Sincronizado 23/08/2014 08:08

Meninas do RN faturam ouro no Brasileiro de Nado Sincronizado

Por admin

fan

Meninas da ED/HC foram responsáveis pelas medalhas do RN na competição (Divulgação)

As meninas do Rio Grande do Norte foram bem no Campeonato Brasileiro de Nado Sincronizado, disputado recentemente nas piscinas da Vila Olímpica Ronaldo Marinho, em João Pessoa, na Paraíba. Na bagagem, dois ouros e um segundo lugar, todos conquistados por atletas da Escola Doméstica, que também conquistaram o troféu de campeão da categoria infantil nível A da competição. O evento foi promovido pela Confederação Brasileira de Desportos Aquático e contou com a participação de 170 atletas de todo os país divididas entre as categorias infantil (a partir de sete anos) até a sênior (maiores de 18).

As medalhas do Rio Grande do Norte ao longo dos quatro dias de disputa foram conquistadas por Luiza Rodrigues, ouro no solo na categoria Infantil nível “A”, pelo dueto formado por Luíza Rodrigues e Giovanna Carneiro, ouro na mesma categoria. Por fim, a equipe Infantil nível “A” do ED/HC formada por Sofia Matos, Alice Pimentel, Luiza Rodrigues e Giovanna Carneiro conquistaram o segundo lugar, ficando com a medalha de prata. Os bons resultados nesta categoria renderam ao estado o troféu de campeão do nível infantil “A” do Campeonato Brasileiro.

“A Federação Aquática Norteriograndense (FAN) parabeniza os clubes, técnicas e atletas participantes deste evento, que representaram o RN muito bem, como também seus familiares que estão sempre apoiando e incentivando suas filhas, nestas competições tão importantes”, disse Rosileide Brito, presidente da entidade. Alunas do Neves, Salesiano Dom Bosco e CEI também integraram a seleção potiguar no evento.

De acordo com a CBDA, As equipes participantes do campeonato foram AABB/DF, AASBENGE/MG, Abrasso/DF, Amaral/PR, BNB/CE, CECEPA/AL, CEI/RN, EDHC/RN, PIO X/PB, Grêmio Cief/PB, NAC/CE, Neves/RN, Remo/PA, Salesiano Dom Bosco/RN, SCCP/SP e UFTFPR/PR. “Acreditamos que a realização dos Interfederativos (competição que envolve as seleções de cada Estado e realizada junto ao Brazil Synchro Open) e os investimentos em capacitação profissional, foram iniciativas que estão contribuindo para esta renovação, assim como para o aumento da participação dos clubes nos Campeonatos Brasileiros” analisou a coordenadora de Nado Sincronizado da CBDA, Sônia Hercowitz.