Geral 08/11/2014 08:49

RN conquista primeiras medalhas nos Jogos Escolares da Juventude na PB

Por admin

3

Larissa ficou com a prata na Luta Olímpica (COB/Divulgação)

O Rio Grande do Norte conquistou suas duas primeiras medalhas no Jogos Escolares da Juventude para atletas entre 15 e 17 anos, a maior competição escolar do Brasil que está sendo disputada em João Pessoa com mais um recorde de participantes. O estagdo enviou 193 atletas que irão competir nas 13 modalidades previstas para o evento. As medalhas no primeiro dia de competição, que irão ocorrer até o dia 15 de novembro, vieram na luta olímpica com Larissa, que conquistou a prata na categoria pesado, e com Maximiliano Ruperti, nos 50 metros livres da natação.

Maximiliano, que recentemente conquistou três medalhas na Copa Pacífico de Natação disputada no Equador, chegou em terceiro lugar na prova em João Pessoa com o tempo de 24,79, levando o bronze. O ouro ficou com Vinícius Silva, do Piauí e Cauã Oliveira, da Bahia, conquistou a prata. A competição este ano está reunindo 4 mil atletas de todos o país.

“Os Jogos Escolares da Juventude visam contribuir para a inserção social dos jovens através do esporte e estamos muito satisfeitos com os resultados que estamos alcançando. A cada edição avançamos no número de participantes e estabelecemos novos padrões na organização. Nosso grande desejo é ver dentro do ambiente escolar a formação de base que já está revelando representantes em nível internacional”, disse Edgar Hubner, Gerente Geral de Juventude e Infraestrutura do COB e Diretor Geral dos Jogos Escolares da Juventude.

Atualmente, a competição é tida como referência internacional, por isso João Pessoa receberá 35 observadores internacionais de 26 países do mundo, que acompanharão todos os detalhes da organização para tirarem proveito das melhores práticas e iniciativas. Serão disputadas competições de atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez.

Ao longo de todo o evento, os jovens talentos terão contato ainda com ídolos do esporte nacional. Doze atletas olímpicos e pan-americanos atuarão como embaixadores, com o objetivo de contribuir para a formação dos alunos/atletas dentro e fora da competição, através de palestras, atividades culturais, presença no local da competição da respectiva modalidade, entre outras ações. Entre os embaixadores os destaques são os campeões olímpicos Ricardo Santos (vôlei de praia) e Sarah Menezes (judô) e o medalha de bronze em Atenas 2004 na maratona, Vanderlei Cordeiro de Lima.