Hipismo 26/12/2014 07:48

Amazona potiguar comemora temporada e projeta avanços em 2015

Por admin

45

Menina luta para manter vivo o sonho de disputar uma Olimpíada pelo Brasil

A temporada 2014 para a Amazona potiguar Brunna Hosser, destaque no hipismo, pode ser definida como um ano de conquistas. Este ano, ela disputou seu primeiro torneio internacional, todas as etapas do Norte/Nordeste, além de uma clínica em Campinas, interior de São Paulo. Desta forma, aos 13 anos, a menina luta para manter vivo o sonho de disputar uma Olimpíada pelo Brasil. Brunna já planeja um novo e grande salto para 2015: sair da categoria Pré-Mirim para a Mirim.

“A Meta do Fernando Costa (empresário e cavaleiro), juntamente com seu treinador em Natal, Flávio Rafael, é para que em Março ela já inicie na categoria Mirim (com obstáculos a partir de um metro e vinte centímetros de altura)”, revela Luciana Cavalcante, mãe, empresária e principal incentivadora da filha. “Não é fácil. O hipismo é um esporte que precisa de um alto investimento financeiro”, diz Luciana.

Com treinos de alto rendimento em São Paulo e formando conjunto com um cavalo competitivo, a tendência é que Brunna também em 2015 já consiga participar de seletivas sul-americanas. “Ela participará, gratuitamente, de uma clínica oferecida pelo Fernando (Costa), que tem uma hípica no bairro do Morumbi, em São Paulo”, explicou Luciana. “Hoje nossos esforços estão todos voltados para mantê-la praticando e competindo em alto nível.”

De acordo com Luciana, Brunna terá que viajar a cada três meses para treinos específicos em São Paulo, sob o comando do cavaleiro-instrutor. Em Natal, ela continuará treinando no Jiqui Country Club, com o seu instrutor, Flávio Rafael. “O planejamento é que a cada três meses ela vá pra São Paulo treinar diretamente com o Fernando. Mas tudo depende de termos recursos pra isso”, alerta Luciana, que faz um apelo para os empresários potiguares: “Ainda não conseguimos patrocínio, mas estamos correndo atrás disso. Brunna é dedicada, sonhadora e lutadora. Com certeza agregará muito a qualquer empresa que se disponha a investir nela”.

Disciplina

Os treinos em São Paulo, no próximo ano, não devem atrapalhar os estudos de Brunna. “Ela tem tido excelentes resultados, apesar de toda a intensidade dos treinos, viagens e cobranças”, comenta Luciana. O hipismo é um esporte disciplinador e Brunna pode servir de exemplo, segundo a própria Luciana.

“Ela treina todos os dias, estuda inglês duas vezes por semana, acabou de ser aprovada para o oitavo ano como uma das melhores alunas da sala. Passou dez dias na Bahia, competindo, e, mesmo assim, deu conta de todo conteúdo da escola, ao ponto de gabaritar quatro provas”, conta a mãe, orgulhosa.

2014

Este ano, Bruna competiu na Guiana Francesa, sua primeira prova internacional, depois de ter sido convidada para representar o Brasil na competição. Ela conseguiu financiar a viajem vendendo 500 rifas por um tablet. Em janeiro, foi a vez da menina ser convidada especial do cavaleiro olímpico Vitor Alves Teixeira na Clínica GO FOR GOLD 2014. Foram 10 dias intensos de aulas de hipismo. Em Campinas/SP, conheceu o Cavaleiro Yuri Mansur e a amazona que foi por seis anos a melhor do mundo, Leslie Mcnaught. “A caminhada é longa, com muitos obstáculos. Mas estou pronta para continuar este sonho de me tornar uma amazona profissional”, afirma Brunna.

Com determinação e ajuda dos familiares, ela conseguiu aparecer para o mundo este ano, graças à internet. Arrecadou cerca de R$ 7 mil para participar de competições e ainda conseguiu apoios importantes, como a do cavaleiro Fernando Costa, dono de uma Hípica no Morumbi, em São Paulo. Através dele, a jovem Brunna deu mais um passo para se tornar uma amazona profissional. Ganhou um cavalo novo, cedido pelo investidor, e entrou para a equipe WFH (Wonderful Flying Horses), dirigida pelo próprio Fernando.