Natação 06/03/2015 07:12

Circuito de Natação abre calendário dos 45 anos da FAN

Por admin

capa

Nos próximos dias, a entidade deve divulgar o calendário completo de 2015 (Carlos Araújo/Soumaisrn)

Os amantes da natação no Rio Grande do Norte já tem data para matar a saudades da piscina. No próximo dia 21 de março o Circuito de Natação para atletas federados dará início ao calendário esportivo da Federação Aquática Norte-Riograndense (FAN) que este ano completará 45 anos. O evento acontece no Colégio das Neves, no Alecrim. Este ano, 12 clubes devem participar da competição.

O evento terá início pela manhã, com as provas para atletas do Mirim/Petiz e prosseguem à tarde com as competições do infantil ao Sênior. “Estamos iniciando a temporada 2015, um ano especial onde nossa Federação completa 45 anos de existência, e para isso, nós que fazemos a FAN, estamos preparando com muito carinho os eventos”, disse a presidente da FAN, Rosileide Brito, a galega.

Nos próximos dias, a entidade deve divulgar o calendário completo de 2015. Isso ainda não foi feito devido algumas dificuldades que a federação vem encontrando principalmente para definir locais para a realização dos eventos. Diante disso, Rosileide aproveita para pedir apoio público e privado em apoio a natação potiguar, que nos últimos anos, apesar de todas as dificuldades, vem revelando talentos como Antônio Matias e Maximiliano Ruperti, além de Marcos Macedo, hoje integrante da Seleção Brasileira e campeão Mundial de piscina curta.

“É um ano especial para nós, mas estamos prevendo muitas dificuldades e lutas. Tudo tem ficado muito caro e nós estamos contando praticamente apenas com a ajuda da CBDA. Este ano, por exemplo, devido a outras dificuldades, não teremos o campeonato de polo aquático, realizando assim apenas as competições de natação e nado sincronizado. É preciso que as esferas públicas e privadas nos ajudem, seja com um patrocínio ou qualquer outro tipo de apoio para que possamos por meio do esporte revelar talentos e ajudar a elevar o nome do Rio Grande do Norte”, explicou Brito.