MMA 20/06/2015 13:05

Potiguar é salvo pelo gongo, vira luta e mantém cinturão no Bellator

Por admin

145

Potiguar conseguiu nocaute incrível no segundo round (reprodução/Twitter)

Por um momento, o cinturão dos pesos-penas do Bellator estava pronto para ser embalado e enviado para a Alemanha, país de Daniel Weichel. O desafiante número 1 chegou muito perto de nocautear o brasileiro Patrício “Pitbull” Freire no final do primeiro round da luta entre os dois, no coevento principal do Bellator 138, nesta sexta-feira, em St. Louis (EUA). O lutador potiguar foi salvo pelo soar do gongo que encerrou o assalto, e não desperdiçou a nova oportunidade. Após um minuto de descanso, voltou para o segundo round, suportou nova pressão e encaixou um golpe perfeito que nocauteou Weichel instantaneamente. Mandem o pacote voltar, o cinturão permanece no Brasil.

“Eu estou aqui, posso fazer guerras. Vocês querem meu cinturão? Estou aqui. Podem vir”, desafiou Patrício após a vitória, afirmando que vai ser preciso uma apresentação infalível para destroná-lo.

Durante a semana, Pitbull havia afirmado que vingaria o fatídico 7 a 1 sofrido pela seleção brasileira de futebol frente à Alemanha, país de nascença de Dan Weichel. Quando entrou na arena circular do Bellator, contudo, o lutador potiguar foi cauteloso nos primeiros minutos. Em desvantagem de altura e envergadura, tentou entrar e sair, trocou de base algumas vezes. Ele enfim conectou em cheio com um upper e direto, cerca de dois minutos corridos na luta. Pitbull foi ganhando confiança e acertou outra boa sequência de jab e direto. Porém, Weichel não era um “bobo” qualquer. O alemão conectou bons golpes e conseguiu uma queda ao marcar um chute do potiguar. Nos segundos finais do primeiro round, Weichel acertou um direto, uma série de golpes e uma joelhada que derrubaram o campeão. Ele parecia próximo do nocaute técnico, mas foi salvo pelo gongo. O alemão reclamou; achou que havia conseguido a vitória, mas Pitbull ainda estava consciente e em capacidade de se defender, apesar de estar visivelmente abalado.

Weichel sentiu que a vitória estava próxima e foi para cima nos segundos iniciais. Ele encurralou o brasileiro na grade e jogava jabs e diretos. Pitbull, porém, se cobriu e jogou um contragolpe de esquerda perfeito no queixo. Weichel caiu duro, apagado, e o árbitro John McCarthy encerrou a luta imediatamente, decretando o nocaute aos 32s do segundo round.

Do Combate