Futebol 14/07/2015 06:02

Escolinha de Futebol do Flamengo em Natal trabalha novo perfil

Por admin

1

A franquia oficial da Escolinha do Flamengo chegou em Natal há dois anos (Divulgação)

Quem nunca sonhou em ser jogador de futebol quando criança? Na Escolinha Fla Natal esse sonho pode virar realidade. Mas, para alcança-lo, o sonhador ou sonhadora e seu responsável (geralmente, pai ou mãe) precisam ter a consciência de que o objetivo principal, antes de entrar em campo, é a disciplina, os estudos e a formação cidadã.

“Estamos trabalhando com crianças em sua formação, na faixa etária dos 4 aos 16 anos. Tratar o outro com educação, espírito de coletividade, companheirismo, saber vencer com honestidade e perder com dignidade são passados diariamente em nossa escolinha. Se esporte é educação, somos responsáveis também nessa caminhada”, define Charlene Souza, dona da franquia da Escolinha de Futebol do Flamengo no Rio Grande do Norte.

O foco na escolinha, segundo ela, não é o de apenas descobrir um talento para o futebol e tratá-lo como mercadoria. “O Flamengo te deixa à vontade para trabalhar. Hoje, focamos em educação e disciplina. A formação do jogador caminha paralelo a isso pois o perfil do jogador de futebol mudou muito nesses últimos anos”, comenta Charlene.

“A busca por talentos não é o nosso foco, mas é tratada com muita seriedade por nossa equipe técnico-pedagógica. As oportunidades existem. Temos canais para isso. O problema é a ansiedade dos pais e a falta de conhecimento. As pessoas acham que o garoto joga bem e, pronto, já é um craque. O perfil do jogador de futebol no mundo mudou. É preciso percorrer uma longa estrada para que não se perca a ‘pérola’ no caminho. Culturalmente, não temos a formação de base, pulamos etapas. Precisamos rever tudo isso em nosso futebol”.

A franquia oficial da Escolinha do Flamengo chegou em Natal há dois anos. Sentindo a carência de uma estrutura profissional que pudesse educar crianças e adolescentes através do futebol, Charlene arregaçou as mangas e fez uma minuciosa pesquisa de mercado. “Percebi que a escolinha do Flamengo é a que mais cresce no país por ter um sistema de franquias extremamente organizado. Então, comprei os direitos para coordená-la no RN”, conta.

Com duas unidades em Natal, uma no Clube da Caern, vizinho ao Campus da UFRN, e outra no Colégio Expansivo, na Zona Norte da cidade, a escolinha do clube de maior torcida no Brasil conta com 300 alunos e tem a ambição de crescer pelo interior do Estado. “As parcerias já estão surgindo. Mas, somos bem criteriosos. Quem sabe, em breve, não poderemos ter uma terceira unidade na região Seridó ou em Mossoró, por exemplo”, idealiza Charlene.

A Escolinha do Flamengo em Natal conta ainda com uma equipe de profissionais da Educação Física capacitados para trabalhar com crianças e adolescentes, garante Charlene. São cinco atualmente, distribuídos pelas duas inidades: Alexandre Mágnus, Aderson Fernandes, Severino Martins (Djavan), Rafael Campos e Davi Silva. “Tenho muito orgulho da minha equipe pedagógica. Trabalhamos com profissionais especializados. O pai que matricular o filho na escola oficial de futebol do Flamengo precisa saber que seu filho está em boas mãos”.

A escolinha atende nos três horários (manhã, tarde e noite) e é dividida em seis faixas etárias: Mamadeira (4 e 5 anos), Chupetinha (6 e 7 anos), Fraldinha (8 e 9 anos), Pré-Mirim (10 e 11 anos), Mirim (12 e 13 anos) e Infantil (14 a 16 anos). Os nomes dado as duas primeiras categorias costumam divertir muitos os pais. “Eles adoram (risos)”, diz Charlene.

No último fim de semana deste mês, de 24 a 26 de julho, a divisão de franquias de escolinhas do Flamengo vai promover a etapa regional da Copa Fla Brasil. Em caso de alguma equipe de Natal conquistar o título, carimba o ‘passaporte’ para disputar a fase final, que será realizada em dezembro, na Gávea, sede do clube no Rio de Janeiro. Mas, antes disso, em setembro, segundo Charlene, alguns atletas da escolinha Fla Natal, acompanhados de seus respectivos responsáveis, vão fazer uma visita à Gávea e assistir ao clássico Fla x Flu, no Maracanã.