Corrida de rua 20/08/2015 07:12

Corridas de rua em Natal conquistam atletas mirins

Por admin

5

A adesão conta com a aprovação dos profissionais da saúde e dos pais (Divulgação)

As corridas de rua têm registrado, nos últimos anos, um crescimento cada vez maior não só na quantidade de circuitos ou de inscrições. O que chama a atenção é o número crescente de crianças inscritas nas provas. A adesão conta com a aprovação dos profissionais da saúde e dos pais, a maioria atleta e fonte de inspiração.

São muitas as restrições de treino, mas, no geral, os pequenos corredores recebem os mesmos benefícios que um adulto: melhoria da condição aeróbica, sociabilização e entretenimento. Resultados, normalmente, buscados por quem entra na meia idade. A médica Rossana Rebelo passou a correr com o marido para manter a saúde em dia. “Eu  precisava melhorar as taxas, colesterol, glicose e triglicerídeos. Tive diabete gestacional e vi que precisava mudar”, relata. Em 10 anos já foram 2 maratonas na conta e outras 7 meias maratonas.

Para coroar a nova rotina, há 02 anos ela ganhou novas companhias para as corridas, os dois filhos. “Eles já são atletas, sempre se exercitaram. Minha filha Letícia faz judô e meu filho Nicolas pratica basquete. Só que eles começaram a querer nos acompanhar também nos treinos de corrida de rua e não vi nenhum problema. Pelo contrário, assim estamos ainda mais tempo juntos”, conta a médica. Os treinos dos pais seguem uma rotina mais regrada, já os filhos treinam com freqüência. Mesmo assim sem a exigem do treino, os pequenos já aderiram ao principal hábito dos corredores: vencer as próprias metas. Letícia e Nicolas aumentaram o ritmo de treinos e estão se preparando para a próxima etapa da Track&Field Run Series Natal Shopping, marcada para o dia 20 de Setembro.

“A gente não cobra os treinos, mas eles estão sempre correndo inclusive porque ajuda na resistência dos outros esportes que eles praticam”, explica a mãe. A postura de pouca cobrança é aprovada pelos estudiosos. As pesquisas em diversos países mostram que aqueles jovens que foram submetidos a um treinamento muito exigente antes dos 15 anos não tiveram uma carreira esportiva longa.

Na hora de aderir à corrida de rua, os pequenos atletas devem ficar atentos às restrições. Especialistas orientam que pessoas menores de 19 anos não devem correr provas acima de 5km. Os treinos também não devem superar os 20 minutos de corrida. E tudo sempre acompanhado de um orientador físico. “Buscamos a consultoria de um especialista na hora antes de permitir que os garotos aderissem a corrida e isso fez toda a diferença”, explica Rossana Rebelo.

Da Assessoria