Paradesporto 27/11/2015 00:02

RN já soma 13 medalhas nas Paralímpiadas Escolares

Por admin

2

Potiguares brilharam na natação e no atletismo no 2º dia do evento (SEEL/Divulgação)

A equipe de natação do Rio Grande do Norte conquistou sete medalhas nas Paralimpíadas Escolares, na tarde desta quinta-feira (26), na piscina do Colégio Nossa Senhora das Neves. Destaque para José Welton que conquistou medalha de ouro nos 100m peito e bronze nos 100m livre (classe S7/SB5. Matheus Fernandes (foto), da classe S14, também ganhou duas medalhas: prata nos 200m livre e bronze nos 100m livre.

Na classe S5/SB5, Caio Targino ficou com a prata nos 100m livre e bronze nos 100m peito. Camila Kethelyn, que havia conquistado ouro nos 100m costas, no primeiro dia de provas, voltou a subir no pódio, conquistando a medalha de prata nos 100m livre, classe S9. Com os resultados de hoje, a delegação do Rio Grande do Norte já soma 13 medalhas no ranking geral das Paralimpíadas Escolares 2015.

O terceiro e último dia de competições será nesta sexta-feira (27) com as disputas finais do atletismo e goalball, no Campus da UFRN; natação, na piscina do Colégio Nossa Senhora das Neves; futebol de 7 e tênis em cadeira de rodas, nas quadras do Aeroclube, além da bocha, judô e tênis de mesa, no Centro de Convenções.

Atletismo

A equipe de atletismo do Rio Grande do Norte segue brilhando nas Paralimpíadas Escolares. Nas provas realizadas na manhã desta quinta-feira (26), no Campus da UFRN, os potiguares conquistaram mais duas medalhas. A primeira do dia veio com Jhennyfa Lavínia, medalha de prata nos 100m rasos (Classe T20). No salto em distância masculino, quem colocou o Estado no pódio foi Gleyvison Luiz Lopes, medalha de bronze, na Classe T46.

Agora, o RN já soma quatro medalhas no atletismo (duas pratas e dois bronzes). Somente Jhennyfa Lavínia, da Escola Freinet, é responsável por duas de prata, sendo que a primeira foi conquistada no salto em distância, no primeiro dia de provas. “Estou feliz por ter conquistado dois vice-campeonatos para o RN, mas eu sei que poderia ter sido bem melhor, pois tinha chances de obter o ouro”, revelou a dedicada atleta, cujo técnico é o experiente Armando Lima.

A segunda medalha de bronze do Rio Grande do Norte no atletismo veio de Pureza com Gleyvison Luiz Lopes, da Escola Estadual Marinho Antônio. Bastante humilde, o garoto de 17 anos dedicou a conquista ao técnico Felipe da Silva e à família. “Essa é a minha quarta Paralimpíadas, estou orgulhoso de representar meu Estado e quero dedicar essa medalha ao meu técnico e todos meus familiares”, disse Gleyvison. A outra medalha de bronze foi conquistada por Jussier Anselmo, nos 400m rasos (Classe T46).

Jogos

As Paralimpíadas Escolares têm organização da CPB e apoio do Governo do Estado, e reúne na capital potiguar 1.300 pessoas, das quais 720 atletas de oito modalidades:  atletismo, natação, bocha, futebol de 7, judô, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e goalball. A competição reúne atletas de 24 federações brasileiras, Distrito Federal e do Reino Unido.