Saúde 19/01/2021 13:05

Oito profissionais de saúde são os primeiros imunizados no RN

Por admin

Em menos de 24 horas após receber o primeiro lote de vacina contra a Covid-19, o Governo do RN deu início ao processo de vacinação dos potiguares. Na manhã desta terça-feira (19) a governadora Fátima Bezerra coordenou o lançamento da campanha e participou da vacinação das oito primeiras pessoas no estado, em uma solenidade na Escola de Governo, em Natal.

O ato foi coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), em parceria com Natal, São Gonçalo do Amarante, Parnamirim, Macaíba, Extremoz e Ceará-Mirim, que indicaram os profissionais de saúde imunizados. “Este é um momento simbólico no qual brota muita emoção. O nosso país vive uma conjuntura instável com reflexos no enfrentamento da pandemia. O Brasil demorou a iniciar a vacinação, o que é preocupante quando a pandemia recrudesce. Enfrentamos muitos desafios, trabalhamos muito até chegar até aqui. Mobilizamos os governadores pela vacina, pessoalmente fui três vezes a Brasília só no mês de dezembro último. Mas hoje temos a vacina, ainda que em pequena quantidade”, afirmou a governadora.

A primeira pessoa vacinada em território potiguar foi a técnica em enfermagem Maria das Graças de Oliveira, que há 35 anos integra os quadros do Hospital Giselda Trigueiro, referência no combate à Covid-19. Fátima Bezerra registrou que “poucas horas após a chegada da vacina já estamos enviando aos municípios. Havíamos prometido 72 horas, mas estamos fazendo em menos de 24 horas. Isto é possível por que nos preparamos, organizamos a recepção e distribuição a todo o estado e estamos dando apoio aos municípios”.

A chefe do Executivo também enfatizou que os esforços da administração estadual no enfrentamento à pandemia apresentam resultados altamente positivos. “O nosso estado é referência nacional no combate à pandemia. Instalamos uma estrutura de mais de 600 leitos que ficam como legado para a população. Criamos sistemas importantes e eficientes como o Regula RN, que permite o acompanhamento em tempo real da utilização dos leitos exclusivos para assistência Covid. E agora criamos o RN + Vacina, em parceria com a UFRN, que vai monitorar desde a chegada das vacinas até a aplicação a cada norte-rio-grandense. Um sistema pioneiro e inovador que garante o monitoramento em todo o estado”.