Economia 03/03/2021 07:12

Número de brasileiros que vivem na extrema pobreza cresce com fim do auxílio emergencial

Por admin

Segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com o fim do pagamento do auxílio emergencial, cerca de 17,7 milhões de pessoas voltaram à pobreza, apesar da volta do Bolsa Família.

Em agosto, a população pobre era cerca de 9,5 milhões: 4,52% do total de brasileiros, 210 milhões. Em fevereiro, passou para 27,2 milhões: 12,83%. Em 2019, antes da pandemia, os dados consolidados apontavam para uma porcentagem de 10,97% dos brasileiros na extrema pobreza, ou seja, ganhando menos que R$ 246 por pessoa.

De acordo com a FGV, só no estado de São Paulo, temos em fevereiro, em termos absolutos, 1,79 milhões de pobres e cerca de 394 mil novos pobres desde agosto 2020.

G1