Paralimpíadas de Tóquio 27/08/2021 11:38

Wallace dos Santos quebra recorde mundial

Por admin

O carioca Wallace dos Santos, 37 anos, conquistou a primeira medalha de ouro nas provas de campo do atletismo brasileiro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio nesta sexta-feira, 27, ao vencer a prova do arremesso de peso pela classe F55 (para atletas com deficiência no membros inferiores que competem em cadeiras de rodas), com a marca de 12,63m.

A marca, obtida na sexta tentativa de arremesso, também quebrou o antigo recorde mundial da prova, que era de 12,47m atingidos pelo búlgaro Ruzhdi Ruzhdi, principal adversário de Wallace na prova desta sexta e que ficou com a medalha de prata, com 12,23m. O polonês Lech Stoltman completou o pódio, com 12,15m.

Entre as principais conquistas da sua carreira, Wallace conquistou a medalha de ouro no arremesso de peso nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019.

Após um acidente de trabalho em 207, Wallace fraturou uma vértebra da coluna lombar e ficou paraplégico. Ele conheceu o esporte paralímpico em 2013, numa associação que tinha um projeto em conjunto com a polícia militar do Rio. Lá, ele viu Jonas Licurgo treinando. O atleta, 1º do mundo em 2017 no lançamento de dardo, emprestou sua cadeira para Wallace treinar. Sua atual treinadora presenciou a cena e o convidou para treinar frequentemente. Sua primeira convocação pela Seleção Brasileira foi em 2016, para os Jogos Paralímpicos do Rio.

Com esta vitória de Wallace, o país chega agora a 93ª medalha de ouro na história dos Jogos Paralímpicos, faltando sete para a 100ª.  Ainda são 116 de prata e 107 de bronze. Vale ressaltar que o país está entre as 20 nações que mais medalharam em toda a história do megaevento paradesportivo.

Foto Wander Roberto-CPB