Governo do RN 09/09/2021 06:45

Governo do RN discute parceria para levar água à comunidade indígena

Por admin

Maior operadora de parques eólicos no Rio Grande do Norte, a CPFL vai colocar em operação na comunidade Santa Terezinha, em João Câmara, um sistema de dessalinização para levar água potável aos moradores locais, atendendo ao disposto na Lei 10.483/2019, segundo a qual os empreendimentos que visam gerar impactos socioambientais deverão atuar na promoção do bem-estar da comunidade em que atuam.

Os detalhes do projeto foram discutidos nesta quarta-feira (08) em reunião virtual da governadora Fátima Bezerra, que contou com a participação do vice-governador Antenor Roberto, do senador Jean-Paul Prates e secretários de governo com dirigentes da empresa.

“Essa parceria é muito bem-vinda, está em sintonia com aquilo que nosso governo defende, que é desenvolvimento com sustentabilidade. No que depender do Governo do Estado – e do mandato do senador -, este será o primeiro de muitos que virão”, disse a governadora Fátima Bezerra, para ressaltar: “essa ação tem um simbolismo grande porque será feita na comunidade indígena Santa Terezinha, que sempre enfrentou muitos desafios, desde a demarcação das terras até o abastecimento de água em quantidade e qualidade, seu principal desafio.”

O projeto prevê uso de equipamento com sistema “off grid” (fotovoltaico+baterias), com dessalinizador por membranas, capaz de produzir 100 mil litros de água potável por dia, volume considerado suficiente para atender entre 900 e 1.500 pessoas ou 180 residências. O início da obra está previsto para fevereiro de 2022, devendo ser concluída cinco meses depois. O orçamento é de R$ 8 milhões e o custo de manutenção de R$ 70 mil/ano.

O senador Jean-Paul defendeu a ampliação da parceria para levar benefícios a outras localidades rurais que também enfrentam problemas no abastecimento de água e sugeriu a atuação da CPFL no fornecimento de energia para os poços que estão sendo perfurados pelo Governo do Estado e que há dificuldades de conexão com a Cosern. “Seria interessante se a gente pudesse analisar com vocês e com o grupo das eólicas, a possibilidade de acoplar placas solares nesses poços para servir de backup ou fonte principal de energia.”

O presidente da CPFL Energia, Gustavo Estrella, disse que a empresa está de portas abertas para novas experiências. “Este é o primeiro projeto de dessalinização do grupo no Brasil, com tecnologia inovadora usada na China. Vai ser um grande piloto, e se for bem-sucedido, certamente iremos avaliar que outros usos poderemos ter.” Em parceria com o programa de eficiência energética – lembrou Estrella -, a CPFL desenvolve placas solares para alimentar hospitais públicos na área de concessão em que a empresa atua. “Poderíamos pensar nesse tipo de parceria, usando o programa de eficiência energética, para viabilizar a conexão com esses poços.”

A CPFL opera 29 parques eólicos no Rio Grande do Norte e produz atualmente 762 megawatts-hora (mWh), o equivalente a 20% da capacidade instalada no estado. Quatro outros parques, com capacidade para 82 mWh, entrarão em operação em outubro e outros 14 estão em fase de licenciamento. De acordo com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, o Rio Grande do Norte produz atualmente 5,2 gigawatts e o consumo é de 1,3 gWh.

Água Potável

 O Governo do Rio Grande do Norte vem desenvolvendo um programa de manutenção e recuperação de sistemas de dessalinização, através da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), que visa ampliar o acesso à água potável para a população rural. A Semarh mantém 80 sistemas de dessalinização e, por orientação da governadora durante elaboração do Programa RN + Água, irá ampliar para 120 o número de comunidades atendidas.

Localizada a sete quilômetros ao norte de João Câmara, Santa Terezinha é uma comunidade de Assentamento, onde existem 200 famílias indígenas de um total de 1.300, segundo o Censo Local de 2016, na sua maioria, composta por mulheres. O abastecimento é feito por caminhões-pipa, com captação em Açudes da região.

Na última sexta-feira (03), a governadora Fátima Bezerra inaugurou o sistema de abastecimento de água da comunidade Malhada Vermelha, em Campo Redondo, na região Trairi, onde os moradores também eram atendidos por carro-pipa.

Também participaram da reunião os secretários João Maria Cavalcanti (Semarh) e Jaime Calado (Sedec), diretor geral do Idema, Leon Aguiar, e a subsecretária do Gabinete Civil, Laíssa Costa. 

Foto: Sandro Menezes – Assecom