Agronegócios 20/06/2022 06:06

Governo do RN lança novas ações de apoio à Agricultura Familiar

Por admin

O Governo do Rio Grande do Norte lançou neste final de semana várias iniciativas de fortalecimento e fomento à agricultura familiar no estado. No quarto e penúltimo dia de realização da I Feira Nordestina da Agricultura Familiar (Fenafes), que ocorre até este domingo (19), no Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira. A governadora Fátima Bezerra, acompanhada do secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima, fez a entrega de um veículo, tipo van, equipado para permitir participação dos agricultores(as) familiares em eventos e feiras móveis visando levar os produtos para mais próximo da população e conquistar novos mercados dentro do Programa Estadual de Apoio aos Circuitos Curtos de Comercialização da Agricultura Familiar – Mais Mercados.

Também foi lançada a primeira temporada da série de vídeos “Vozes do Semiárido”, produzida pela UERN – através do Laboratório de Narrativa Hipermídia (HiperLAB/UERN) e UERN TV, em parceria com a Sedraf. São duas temporadas, cada uma com 6 episódios. A série vai mostrar histórias de pessoas que vivem no semiárido potiguar que atuam de diversas formas pela sustentabilidade da vida na região. Os documentários serão distribuídos para emissoras de TVs públicas do Rio Grande do Norte e plataformas de streaming.

A capacitação e qualificação dos produtores da agricultura familiar no RN é outra iniciativa que já mostra resultados positivos. Trinta agricultores e agricultoras familiares receberam o certificado de produção agroecológica, o que garante a procedência dos cultivos. O Governo do RN (via Sedraf) firmou parceria com a Rede Xique-xique e Acopasa, que são habilitadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para promover certificação agroecológica.

O valor investido é R$ 104,4 mil com base no disposto no Plano Plurianual do Governo do Estado, que definiu como meta até 2023 promover a certificação agroecológica junto à produção de pelo menos 300 famílias de agricultores(as) familiares.

Ainda visando a qualificação, foram lançados dois livros – Elementos para o Fortalecimento e Expansão da Agricultura Familiar no Nordeste – uma estratégia para o desenvolvimento sustentável da região, de Eugênio Conolly Peixoto, e Dicionário de Agroecologia e Educação. Este uma produção da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venânio (EPSJV), da Fiocruz, em parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e publicado pela editora Expressão Popular.

Em outra iniciativa que favorece a ampliação de mercado, foi lançada oficialmente as cervejas produzidas com frutas da agricultura familiar, numa iniciativa do Governo do RN/Sedraf. A Cervejaria BACURIM (Mossoró) fabricou as cervejas que são fruto da parceria com as cooperativas da Rede Xique-Xique e da UNICAFES-RN. As cervejas são denominadas Anacardia (Caju) e Cajanas (Cajarana) em alusão ao nome científico das espécies.

“Desenvolver o campo e fortalecer a agricultura familiar é prioridade no RN. Criamos estrutura própria, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Reforma Agrária, aprovamos a lei do Pecafes que determina a compra de pelo menos 30% das aquisições do Estado ao setor fornecendo para a merenda escolar, hospitais da rede SUS, restaurantes populares e sistema prisional. Criamos linha de crédito para a Agricultura Familiar beneficiando principalmente mulheres e jovens, criamos o programa Gente no Campo com 120 vagas de graduação e pós-graduação, com bolsa, para agricultores familiares e seus filhos na área da agroecologia. Para nós, a Agricultura Familiar deve ser mais do que subsistência, deve permitir a manutenção das famílias com dignidade e qualidade de vida, até porque ela alimenta 70% da população”, afirmou a governadora Fátima Bezerra se dirigindo ao público após o lançamento das novas ações do governo.

O secretário da Sedraf, Alexandre Lima, disse que “neste momento de desmonte das políticas públicas no âmbito nacional, o Governo do RN, junto aos Estados do Nordeste, dá exemplo de resistência. Estamos realizando ações concretas de apoio à agricultura familiar que deve ser respeitada e incentivada”.

FOTO: VLADEMIR ALEXANDRE