Saúde 04/07/2022 11:25

Mutirão de cirurgias em crianças com deformidades nas mãos será realizado no Hospital Infantil Varela Santiago

Por admin

De 7 a 10 de julho, médicos cirurgiões da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) realizarão mutirão inédito, em Natal, para procedimentos em crianças que possuam algum tipo de deformidade grave nas mãos ou membros superiores. A ação acontecerá no Hospital Infantil Varela Santiago e Hospital Memorial, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde do RN (SESAP) e Secretaria Municipal de Natal (SMS).
Os pacientes, portadores de sequelas e deformidades, já foram selecionados e preparados para as cirurgias desde o início do ano pelos médicos potiguares Márcio D’Angelo Rodrigues Barreto e Hélio Rubens Polido Garcia. Para mais informaçãoes entrar em contato no telefone (84) 991919669 – Clínica da Mão – ou diretamente na recepção do Varela Santiago.
A missão humanitária tem como objetivo devolver qualidade de vida e funcionalidade a pacientes que estão com sequelas de traumas complexos e que podem ter parte de sua dignidade restaurada. Serão realizadas também cirurgias em crianças que nasceram com alguma deformidade congênita ou adquirida que trazem limitações de atividades de vida diária e até mesmo “bullying”. “A maioria dessas deformidades congênitas podem ser satisfatoriamente corrigidas na infância tornando esses cidadãos produtivos no futuro” – salienta Dr. Márcio D’Angelo.
A capital potiguar foi escolhida para receber a ação social devido a quantidade crescente de pacientes sequelados que estão à espera de melhores dias. Muitos desses pacientes estão aguardando para realizar seu tratamento em outras cidades, o que se torna mais dispendioso para governo e famílias.
Por tudo isso, a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão selecionou um corpo clínico composto por um especialista em Cirurgia da Mão de renome, com vasta experiência nesse tipo de procedimento, além de oito médicos de outros estados, cinco profissionais potiguares, entre outros de apoio, que avaliarão e operarão cerca de 25 pacientes adultos e crianças do Rio Grande do Norte e estados vizinhos.
“A iniciativa da SBCM é de extrema importância para proporcionar qualidade de vida a esses pacientes que estavam à mercê da sorte”, conclui Dr. Márcio.